Caminhoneiro é encontrado morto dentro do veículo com sinais de violência extrema e mãos e pés amarrados
25/01/2024

Na manhã desta quarta-feira, 24 de janeiro, a BR-376, em Tibagi, Campos Gerais do Paraná, foi palco de uma cena chocante.

O caminhoneiro Anderson Francisco da Rocha, de 58 anos, foi encontrado morto no pátio de um restaurante, vítima de violência extrema.

Ele estava deitado de bruços na cama de seu caminhão, com mãos e pés amarrados e marcas de sangue. A principal suspeita é de que tenha sido vítima de espancamento.

A família acredita que o crime seja uma vingança pelos protestos de Anderson contra uma tentativa de assalto um mês antes. A Polícia Civil está investigando o caso e a família do caminhoneiro está devastada.

Até o momento, não há informações sobre o velório e o sepultamento. A comunidade espera por respostas sobre essa tragédia que abalou a pacífica rotina da estrada.

AD
Artigo