Thammy Miranda diz que retirará assinatura de CPI que mira padre Júlio Lancellotti e aponta ter sido vítima de “fake news”
05/01/2024

PUBLICIDADE

O vereador Thammy Miranda se manifestou após ser criticado por apoiar a CPI das ONGs. Ele alegou ter sido vítima de fake news, pois o nome do padre Júlio Lancellotti, alvo da investigação, não constava no requerimento que assinou.

Thammy ressaltou que jamais assinaria a proposta se soubesse que o padre era o alvo, pois defende o trabalho dele. O vereador destacou que procura contar com o apoio de Júlio Lancellotti na recuperação humanitária do centro de São Paulo.

Thammy também informou que entrará com um requerimento para retirar sua assinatura na CPI. A notícia gerou repercussão nas redes sociais, e o padre recebeu apoio.

Ele lamentou a atitude de Rubinho Nunes, responsável pela CPI, e destacou a complexidade da situação da Cracolândia. Lancellotti enxerga a investigação como resultado da polarização política em ano eleitoral e negou conexão com as ONGs citadas.

PUBLICIDADE

AD
Artigo