Luciana Gimenez expõe reação de desespero após o primogênito fazer revelação inesperada: ‘Eu gritava tanto’ .... Ver mais
07/04/2024

PUBLICIDADE

Na semana passada, a apresentadora Luciana Gimenez compartilhou seus sentimentos ao descobrir que seu filho Lucas Jagger, de 24 anos, iria deixar o Brasil para viver em Nova York. Inicialmente, ela pensou que lidaria tranquilamente com a situação, mas a realidade acabou sendo diferente.

O filho do cantor Mick Jagger partiu para os Estados Unidos aos 19 anos, onde continuou seus estudos e passou a levar uma vida discreta no país.

PUBLICIDADE

Sua mãe, por outro lado, admitiu enfrentar desafios emocionais com a distância. "Quando ele foi, achei que ia ficar bem, mas teve um dia que eu gritava tanto. Foi um dia só".

Luciana Gimenez falou sobre saudade do filho

A apresentadora relembrou que ela entrou no quarto e ficou desesperada de saudade, mas depois a vida foi voltando ao normal e aprendeu a administrar a saudade.

Luciana Gimenez destacou que conseguiu entender melhor a decisão de Lucas porque ainda tem o caçula Lorenzo, de 12 anos, por perto.

PUBLICIDADE

A apresentadora ressaltou que é preciso se acostumar com a nova fase e declarou que fala com Lucas regularmente. Segundo ela, não chorou mais de saudade devido à companhia de Lorenzo, mas, caso o caçula decida morar fora, ela também deixará o Brasil.

A famosa é mãe de dois meninos. Lucas Jagger é resultado do relacionamento anterior com o cantor Mick Jagger, enquanto Lorenzo é seu filho com o empresário Marcelo de Carvalho, com quem foi casada por 12 anos.

PUBLICIDADE

Luciana Gimenez abriu o jogo sobre sexualidade

Aos 54 anos, Luciana Gimenez, apresentadora da RedeTV!, surpreendeu ao compartilhar insights sobre sua orientação sexual. Ela revelou ter se reconhecido como demissexual recentemente, destacando a importância de estabelecer uma conexão emocional profunda antes de se envolver romanticamente com alguém.

Demissexual é um termo usado para descrever pessoas que só sentem atração sexual após terem formado um forte laço emocional ou íntimo com outra pessoa.

PUBLICIDADE

Esta orientação sexual é parte do espectro assexual, mas difere da assexualidade tradicional em que demissexuais podem e muitas vezes sentem atração sexual, mas apenas sob circunstâncias muito específicas e geralmente raras.

PUBLICIDADE

AD
Artigo