BBB24 – virgem, Beatriz causa polêmica ao se recusar a usar absorvente interno: ‘Não vou botar nada aqui’ .... Ver mais
12/03/2024

PUBLICIDADE

Dentro do BBB24, um cenário singular se desenrola onde os participantes, sob o olhar atento de dezenas de câmeras, vivenciam uma jornada repleta de desafios e revelações. Neste universo, cada palavra e ação são amplificadas, levando, por vezes, a mal-entendidos e controvérsias.

Nessa segunda (11), uma declaração de Beatriz Reis sobre o uso de absorvente interno ganhou destaque, despertando debates em torno da educação sexual no Brasil.

PUBLICIDADE

A vendedora expressou receios associados ao uso do produto por ser virgem, uma preocupação que ressoou nas paredes da casa mais vigiada do país e além.

Beatriz recusa absorvente interno por ser virgem 

A interação começou com uma conversa descompromissada à beira da piscina, onde Beatriz lamentava não poder aproveitar o refresco das águas devido à sua condição menstrual. A sugestão de Matteus Amaral, para o uso de um absorvente interno, foi rapidamente rechaçada por Beatriz, que vinculou sua virgindade à impossibilidade de utilizar tal produto.

PUBLICIDADE

"Não dá, né? Eu sou virgem! Não vou botar nada aqui, não dá para botar nada aqui. Nunca me botaram nada, como é que eu vou botar um negócio ali?", disse a líder da semana.

Este momento, embora aparentemente trivial, reflete os vastos espectros de desinformação que ainda permeiam questões de saúde e bem-estar femininos.

Jairo Bouer explica que fala de Beatriz não faz sentido 

A fala de Beatriz, embora pessoal e inocente, ressalta uma lacuna significativa na educação sexual do país, onde mitos e tabus ainda norteiam o entendimento de muitos sobre o próprio corpo.

PUBLICIDADE

O médico Jairo Bouer, renomado especialista em sexualidade, intervém com esclarecimentos cruciais, desmitificando a relação entre virgindade e o uso de absorventes internos. Segundo Bouer, o hímen, frequentemente mal interpretado, não constitui uma barreira absoluta ao uso do produto, desafiando a noção equivocada de que tal ato possa comprometer a virgindade.

"O hímen não fica logo na entrada da vagina, né? Ele fica um pouquinho pra dentro", disse Jairo Bouer em uma entrevista ao site Notícias da TV, em que explicou que mulheres virgens podem tranquilamente usar absorventes internos sem ter o receio de romper o hímen.

PUBLICIDADE

AD
Artigo